REFLEXÃO DIÁRIA

LOCALIZE ABAIXO A REFLEXÃO DO DIA

A reflexão supõe que você antes leu o texto evangélico indicado.

MÊS DE ABRIL

1- Quarta-feira - Santos: Hugo de Grenoble, Teodora, Ludovico Pavoni

Evangelho (Jo 8,31-42) "Se permanecerdes na minha palavra, sereis verdadeiramente meus discípulos, e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará."

Ser discípulo e guardar a palavra de Jesus não é apenas guardar suas palavras na memória, mas seguir fielmente o jeito de viver que ele nos ensina. É decisão que temos de renovar a cada momento. Estando sempre atentos a cada situação, para tomar a atitude correta, sem nos deixar surpreender. Isso nos fará livres dos enganos, das paixões e principalmente da tentação do mais fácil.

Oração

Senhor Jesus, aceito vossa proposta de vida. Mas, como sabeis, sou muito volúvel e preciso de vossa ajuda para cada passo. Amparai-me sempre com o favor de vossa graça. Não permitais que me deixe envolver por ideias que circulam em meu ambiente, dai-me a sabedoria para procurar sempre a vontade do Pai. Perdoai-me se muitas vezes esqueci ou desprezei vossas propostas. Amém.

2 - Quinta-feira - Santos: Francisco de Paula, Leopoldo de Gaiche

Evangelho (Jo 8,51-59) "Em verdade, em verdade, eu vos digo: se alguém guardar a minha palavra, jamais verá a morte."

Diante dos que não aceitavam sua palavra, Jesus não argumentou. Fez uma afirmação mais desafiadora ainda, e não deu nenhuma explicação. Uma vez que ele anunciava sua própria morte, não prometia imortalidade para seus seguidores. Para quem acreditar nele e o seguir, promete a libertação da morte do pecado, uma vida plena da graça do Pai e uma vida feliz por toda a eternidade.

Oração

Senhor Jesus, creio em vossa palavra e confio em vossa promessa. De certo modo, ainda tenho medo da morte. Encorajo-me, porém, ao ouvir que podeis dar-me a vida para sempre, na felicidade e na paz. Espero estar convosco junto do Pai, e também na companhia de todos que amo. Com vossa companhia espero vencer todas as dificuldades da vida; sei que estais sempre comigo. Amém.

3 - Sexta-feira - Santos: Irene, Sisto I, Gandolfo de Binasco

Evangelho (Jo 10,31-42) "Não queremos apedrejar-te por causa das obras boas, mas por blasfêmia, porque sendo apenas um homem, tu te fazes Deus!"

Essas palavras mostram bem por que os adversários não aceitavam Jesus. Viam que ele se apresentava como sendo maior que Abrão, Moisés e todos os profetas juntos. E mais: apresentava-se num relacionamento especial com Deus, apresentava-se como o Filho de Deus, igual ao Pai, e por ele enviado como salvador, como a salvação indispensável para todos. Não queriam acreditar e confiar nele.

Oração

Senhor Jesus, creio que sois o Filho de Deus, encarnado para viver a nossa vida. Creio que sois Deus e Homem. Ajudai-me para que essa certeza seja o centro e a esperança de minha vida. Aceito a salvação que me ofereceis, aceito organizar toda a minha vida colocando-vos em primeiro lugar, aceito vossa palavra como a verdade que me deve orientar em tudo. Aumentai minha fé e meu amor. Amém.

4 - Sábado - Santos: Isidoro de Sevilha, Platão, monge, Pedro de Poitiers

Evangelho (Jo 11,45-56) "Muitos dos judeus que tinham ido à casa de Maria e viram o que Jesus fizera, creram nele."

Viram o que Jesus fez e ouviram o que disse. E acreditaram que ele era quem os podia salvar do mal e dar-lhes uma vida nova. Outros viram e ouviram o mesmo, e não acreditaram. Uns e outros para acreditar precisavam do dom da fé, de uma atração e de uma iluminação vinda de Deus. Isso porque a divindade e a missão de Jesus não podiam ser reconhecidas apenas pelos sentido ou pela razão. E para aceitar a fé temos de, por amor, entregar-nos nas mãos de Deus.

Oração

Senhor meu Deus, humanamente posso ver Jesus apenas como um homem, ainda que extraordinário. Mas aceito vossa graça e a fé que me faz participar de vosso próprio conhecimento. Creio que Jesus é vosso Filho que veio viver do nosso jeito humano, para nos fazer participantes de vossa vida divina. Agradeço vosso amor por mim. Ajudai-me a corresponder com meu amor fiel. Amém.

5 - Domingo de Ramos - Santos: Vicente Ferrer, Catarina Tomás

Evangelho (Mt 27,11-54) "Então Pilatos soltou Barrabás, mandou flagelar Jesus, e entregou-o para ser crucificado."

Os evangelistas são muito sóbrios ao narrar a condenação, os sofrimento e a morte de Jesus. Apresentam os fatos brevemente, de forma objetiva, sem falar de seus sentimentos, do horror que era a flagelação, da tortura pavorosa que era a morte na cruz. Os santos, entre eles Sto. Afonso de Ligório, convidam-nos a meditar mais demoradamente sobre a paixão, o sofrimento do Filho de Deus. Sabemos que em nosso modo de falar paixão não tem o sentido de sofrimento. Podemos, como o santos, ver na paixão de Jesus a demonstração clara da sua imensa paixão por nós, do incompreensível amor por nós que o levou a participar de nossa morte morrendo na cruz, para nos fazer participantes de sua vida nova da ressurreição. Diante de amor tão grande temos de decidir, amar ou não.

Oração

Senhor Jesus, quando leio ou ouço falar de vossos sofrimentos, compreendo um pouco mais o que significa vossa encarnação. Quisestes viver nossa vida humana, com nossos sentimentos, nossas limitações, nossos medos, nossas dores. Sofrestes as dores do corpo e as da alma. Vivestes a tristeza da traição e do abandono, o horror da condenação injusta à morte vergonhosa e horrível na cruz. Por três horas vivestes a tortura dos crucificados. E tudo sofrestes por meu amor, para ser coerente com o caminho de vida que me ensinastes. Tudo poderia ter sido diferentes se não me tivésseis amado tanto. Se vejo a grandeza de vosso amor, só me resta pedir que me ajudeis a vos amar o mais que puder. Perdoai, Senhor, meu pouco amor.

6 - Segunda-feira Santa - Santos: Celestino, Catarina de Pallanza, Diógenes.

Evangelho (Jo 12,1-11) "Maria, tomando quase meio litro de perfume de nardo puro e muito caro, ungiu os pés de Jesus e enxugou-os com seus cabelos."

E "a casa inteira ficou cheia do perfume do bálsamo". Para Judas foi gesto inútil. Muitas vezes posso ter a mesma reação diante de gestos de meu próximo. Gestos de cortesia, de carinho ou de atenção, ou gestos de piedade e devoção. Talvez tenha de reaprender o sentido dos gestos, e perceber o quanto de amor eles carregam, o quanto manifestam a fé e a entrega confiante que há no coração de meus irmãos.

Oração

Senhor Jesus, ensinai-me a dar valor aos gestos de amor de meus irmãos, às palavras de compreensão e apoio. E, se houver incerteza, que os interprete sempre no melhor sentido. Ajudai-me também a valorizar e respeitar os gestos de devoção e piedade dos mais simples. Aumentai em mim a caridade para que todos os meus gestos e palavras sejam mostras de amor e carinho, e ajudem meus irmãos. Amém.

7 - Terça-feira Santa - Santos: João Batista de La Salle, Ursulina

Evangelho (Jo 13,21-33.36-38) "Darás tua vida por mim? Em verdade, em verdade te digo: o galo não cantará antes que me tenhas negado três vezes".

Penso que Pedro de começo não entendeu ou não acreditou. Não conseguia imaginar que fosse ter vergonha ou medo por ser amigo e seguidor de Jesus. Nele posso ver meu próprio rosto, confiante, atrevido, fraco e muito inconstante. Não há como me preparar para esses momentos imprevisíveis e duros. O que posso fazer é orar e pedir continuamente que o Senhor tenha pena e me ajude.

Oração

Senhor Jesus, imagino o sofrimento de Pedro quando se deu conta que vos tinha abandonado. Tantas vezes, por motivos bem menores, eu vos deixei. Iludido pensava que isso nunca iria acontecer ou acontecer de novo. Perdoai-me, Senhor, misericórdia. Reconheço minha fragilidade. Olhai para mim, socorrei-me, trazei-me de volta para vós, e não permitais que ainda vos abandone. Amém.

8 - Quarta-feira Santa - Santos: Edésio, Máxima

Evangelho (Mt 26,14-25) "Um dos doze discípulos, chamado Judas Isca­riotes, disse os sumos sacerdotes: ─ Que me dareis se vos entregar Jesus?"

Não conseguimos imaginar o que se passou no íntimo de Judas, quais os caminhos que o levaram à traição. Mistérios do coração humano. Podemos, porém, dizer que qualquer um de nós facilmente se torna traidor nos mais diversos sentidos. Ou deixando Cristo, ou nossa comunidade, ou nossa família, ou nossos amigos. Talvez até sejam abandonos pequenos, mas serão sempre traições.

Oração

Senhor, não me considero melhor que ninguém. Se não tomais cuidado comigo, acabarei abandonando-vos mais cedo ou mais tarde. Guardai-me, então, protegei-me, não permitais que seja seduzido por tantos enganos que me cercam. Dai-me ser prudente e vigilante, para não ser colhido de surpresa. E mais ainda, dai-me a graça de orar sempre e de jamais deixar de pedir vossa ajuda. Amém.

9 - Quinta-feira Santa - Santos: Maria de Cléofas, Acácio, Demétrio

Evangelho (Jo 13,1-15) "Jesus sabia que tinha chegado a sua hora de passar deste mundo para o Pai; tendo amado os seus que estavam no mundo, amou-os até o fim."

Jesus, como Filho de Deus, sabia que estava chegando ao fim de sua missão, e que esse fim seria a cruz e a passagem para nova vida. Ele aceita esse fim por amor ao Pai e a nós. Toda a sua vida fora por amor de nós, e amou-nos até o último instante de vida, e amou-nos definitiva e comprometidamente, amou-nos sem medida. De novo tenho de decidir: como amarei quem me amou tanto?

Oração

Senhor Jesus, na Ceia já estava em vosso coração a angústia que iria explodir no Jardim das Oliveiras. Mais forte que a angústia, porém, era vosso amor por aqueles discípulos e por todos nós. Por amor estáveis pronto para o abandono, o sofrimento, a vergonha e a morte. Ainda que não possa amar-vos quanto mereceis, quero amar-vos ao máximo com o amor que só vós me podeis dar. Amém.

10 - Sexta-feira Santa - Santos: Miguel dos Santos:, Ezequiel, Pompeu

Evangelho (Jo 18,1-19,42) "Ele tomou o vinagre e disse: ─ Está consumado. E, inclinando a cabeça, entregou o espírito."

Jesus assumiu livremente sua morte. Quando disse "está consumado", não estava dizendo "acabou, é o fim". Afirma que sua morte é o ponto mais alto de sua vida, que lhe dá sentido. Nasceu, cresceu, trabalhou, riu e amou, ensinou, participou de nossa vida e fez de sua vida um entrega contínua à vontade do Pai. Viveu em tudo nossa vida humana para nos fazer participantes de sua divindade.

Oração

Senhor Jesus, olhando-vos morto na cruz, vendo até onde quisestes chegar para me salvar, não posso duvidar de vosso amor. Nem posso deixar de vos amar, a vós que a tal ponto me amastes. Confio em vós e quero viver a vida nova que me ofereceis. Não permitais que vos abandone, e ajudai-me a fazer de minha vida um ato de amor e obediência ao Pai, e de serviço a meus irmãos. Amém.

11 - Sábado Santo - Santos: Estanislau, Gema Galgani, Isaac

Evangelho (Mt 28,1-10) "Então Jesus disse às mulheres: - Não tenhais medo. Ide anunciar aos meus irmãos que se dirijam para a Galileia. Lá eles me verão."

As mulheres foram ao túmulo para dar ao corpo os últimos cuidados. Mal acreditavam na mensagem que receberam: "Ele não está aqui! Levantou-se de novo, como tinha prometido". Alegravam-se, mas estavam assustadas. Os discípulos tinham fugido. Seriam as primeiras a anunciar que Jesus estava vivo, e continuava com os que nele acreditavam. São as primeiras testemunhas da vitória de Jesus.

Oração

Senhor, eu creio que vencestes a morte, creio que estais vivo, sempre entre nós. Essa certeza dá-me esperança e alegria. Mas me impõe uma tarefa à qual não posso fugir. Tenho de anunciar vosso poder e vossa vitória, tenho de dizer a todos que há esperança para nós. Por minha vida devo mostrar que vosso poder me transformou. Fazei de mim testemunha de vossa ressurreição. Amém.

12 - Domingo da Páscoa - Santos: Júlio I, Sabas Godo, Ângelo de Chivasso

Evangelho (Jo 20,1-9) "Maria Madalena foi ao túmulo de Jesus, bem de madrugada, quando ainda estava escuro, e viu que a pedra tinha sido tirada do túmulo."

Maria nem entrou no túmulo. Foi correndo procurar Pedro e o outro discípulo, dizendo que alguém tinha tirado o corpo. Nem imaginava que Jesus pudesse estar vivo de novo. Os dois discípulos correram ao túmulo, e o realismo leva o evangelista a lembrar que o mais moço correu mais depressa e chegou antes. Mas não entrou, esperando como se o outro fosse o chefe. Pedro entrou, depois o outro. Olharam tudo com cuidado, e viram ali os panos que tinham envolvido o corpo, e concluíram que não houvera nenhum roubo. Era como se o morto tivesse saído, deixando aqueles panos agora inúteis. Antes não tinham pensado nisso, mas agora acreditavam que, ainda não sabiam como, Jesus estava vivo. Sem dúvida foram logo procurar os outros para falar do que tinham visto.

Oração

Senhor, não vi o sepulcro vazio, nem jamais vos vi ressuscitado. Colocastes, porém, em meu coração a luz da fé, por dentro me conquistastes, e por isso eu creio que estais vivo depois de ter morrido e ter sido sepultado. Não voltastes simplesmente à vida de antes, mas voltastes para o Pai, e vossa humanidade passou para uma vida nova, para a vida que dura para sempre, sem os pesos e as limitações desta nossa vida atual. Senhor Jesus, é essa mesma vida que me prometeis para depois da morte. Uma vida plena e sem fim, sem fraquezas nem dores, na felicidade perfeita, quando poderemos afinal amar como sempre imaginamos que deveria ser o amor, na completa satisfação de todos os nossos anseios. Guardai-me nessa alegre esperança. Amém.

13 - Segunda-feira - Santos: Martinho I, Márcio, Quintiliano

Evangelho (Mt 28,8-15) "E saindo às pressas do túmulo, com sentimentos de temor e de grande alegria, correram para dar a notícia aos discípulos."

Enquanto as mulheres iam levar aos discípulos a mensagem sobre a ressurreição, o próprio Jesus mostrou-se a elas. Disse-lhes: "Não tenhais medo!" Será que estavam com medo por ver Jesus? Talvez espantadas, mas não com medo. Quando Jesus diz "não tenhais medo", ele está dizendo para elas e para nós que não precisamos ter medo de nada, porque ele está conosco, ele venceu a morte.

Oração

Senhor, creio que estais vivo entre nós, participando de nossas lutas e alegrias. Creio que, vivendo unido a vós, não preciso ter medo do mal, posso fazer o bem, posso ser útil para o bem e a felicidade de todos. Imagino a alegria das mulheres quando vos viram. Eu também me alegro, porque vencestes a morte, e estais sempre conosco. Quero levar essa alegria para todos, para que vençam o medo. Amém.

14 - Terça-feira - Santos: Lamberto, Donina, Próculo

Evangelho (Jo 20,11-18) "Não me segures. Ainda não subi para junto do Pai. Mas vai dizer aos meus irmãos: subo para junto do meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus".

Podemos entender que Maria pensava que tudo iria voltar a ser como antes, quando Jesus estava familiarmente com seus discípulos e discípulas. Jesus disse que a realidade então era outra: ele estavs na vida nova, junto do Pai. Continua de fato presente entre nós, mas o podemos ver apenas à luz da fé, na partilha da vida da comunidade fraterna reunida e mantida por ele na caridade.

Oração

Senhor, às vezes ficamos com inveja dos que puderam conviver convosco, e sentimos falta do olhar, do toque, do som da voz. Mas não podemos nos prender a isso. Vós nos convidais para uma convivência mais intensa e que nada nos pode tirar. Estamos unidos pela participação em vossa própria vida pela fé, pela esperança e pela caridade. Abri, Senhor, os olhos de nosso coração. Amém.

15 - Quarta-feira - Santos: Êutiques, Anastácia, Vitoriano

Evangelho (Lc 24,13-35) Jesus fez de conta que ia mais adiante. Eles, insistiram com ele, dizendo: - Fica conosco, pois já é tarde e a noite vem chegando!"

Para os dois ele ainda era apenas um companheiro de caminho, que lhes dissera tanta coisa nova. Convidaram-no para ficar em seu lar e partilhar de sua mesa. E foi ao partir o pão da fraternidade que o reconheceram. Na comunidade fraterna, na igreja reunida por Jesus, na partilha com irmãos e irmãs é que mais podemos encontrar e reconhecer Jesus, nosso companheiro na estrada da vida.

Oração

Senhor Jesus, em nossa vida sempre "já é tarde e a noite vem chegando". Por isso é muito importante que fiqueis comigo. Preciso que, depois de me ter acompanhado tanto tempo pelo caminho, abrais afinal meu coração, para que vos conheça mais, e mais vos ame. Também para que eu aprenda que só vos posso encontrar se vos procuro à mesa da partilha fraterna com meus irmãos. Amém.

16 - Quinta-feira - Santos: Bernadete, Calisto de Corinto, Júlia

Evangelho (Lc 24,35-48) "Ainda estavam falando, quando o próprio Jesus apareceu no meio deles e lhes disse: - A paz esteja convosco!"

Nessa passagem Lucas apresenta-nos duas mensagens muito claras. Primeira, Jesus venceu a morte, está vivo e atuante, não é apenas alguém do passado, de quem nos podemos lembrar com veneração. Está entre nós seus discípulos, e participa de nossa vida e nos mantém unidos. Segunda mensagem: Jesus é o pleno cumprimento de todas as promessas divinas que lemos nas Escrituras.

Oração

Senhor Jesus, agradeço o testemunho dos apóstolos e de meus irmãos, e creio que estais vivo e atuante entre nós. Acompanhai nossos passos, e ajudai-nos a perceber as necessidades do mundo, e inspirai-nos na procura de caminhos, não apenas a nós, mas a todos os de boa vontade. No meio de tantas tristezas e dores, precisamos da alegria e da coragem que nos dá vossa presença. Amem.

17 - Sexta-feira - Santos: Aniceto, Roberto, abade, Hermógenes

Evangelho (Jo 21,1-14) "Então Jesus disse: - Moços, tendes alguma coisa para comer? Responderam: - Não. - Lançai a rede à direita da barca, e achareis."

O texto reflete experiência da comunidade primitiva. Ela já percebia que, para enfrentar as dificuldades do anúncio do evangelho e as perseguições, não bastavam suas forças. Era preciso que Jesus lhe desse orientação e força. Isso continua sendo verdade para toda a Igreja e para mim. Sem ele posso ter algumas ideias, mas só ele poderá guiar-me e ajudar-me na vida e na missão.

Oração

Senhor Jesus, mais de uma vez já me aconteceu de "nada pescar a noite inteira". Não só em meu esforço de apostolado, mas em todas as minhas tentativas. Olhai para mim, ajudai-me a descobrir a direção a tomar e o que fazer. Dai-me sabedoria para decidir, coragem e alegria para continuar tentando. Aliás, Senhor, não peço só por mim, mas por todos que procuraram fazer-vos conhecido. Amém.

18 - Sábado - Santos: Maria da Encarnação, Faustino, Galdino

Evangelho (Mc 16,9-15) "Por fim, Jesus apareceu aos onze discípulos ..., repreendeu-os por sua falta de fé e pela dureza de coração..."

Os evangelistas insistem muito em dizer que os discípulos não acreditaram facilmente que Jesus estivesse vivo depois de morto e sepultado. Talvez o motivo, entre outros, é que estavam tristes, ou até desiludidos. Vendo sua incredulidade podemos lembrar que até podemos julgar prudente crer na ressurreição, mas de fato só pela graça da fé podemos acreditar que Jesus está vivo entre nós.

Oração

Senhor Jesus, aos poucos abristes o coração de vossos discípulos e os iluminastes para que pudessem crer que tínheis vencido a morte e passado para a vida nova junto do Pai. Abri e iluminai também meu coração, para a alegria de vossa ressurreição, para que toda a minha vida tenha sentido, e eu possa viver na esperança de minha própria ressurreição e da vida plena junto do Deus. Amém.

19 - 2º Domingo da Páscoa - Santos: Sócrates, Gálata, Expedito

Evangelho (Jo 20,19-31) "A paz esteja convosco. Como o Pai me enviou, também eu vos envio. E depois soprou sobre eles e disse: - Recebei o Espírito Santo."

Anoitecia aquele dia tão movimentado, com o que as mulheres contavam de seu encontro com Jesus, e mais o que diziam Pedro e João sobre o túmulo vazio. E ainda havia o medo, com um tanto de vergonha por terem abandonado o Mestre. Não sabemos sobre o que falavam, ou se cada um estava silencioso no seu canto. De repente Jesus estava entre eles, e era como se fosse de novo dia. Jesus era o mesmo, agora porém tinha um ar diferente, como aquele que mostrara no alto do monte. Quando lhes disse "a paz esteja convosco", não era apenas a saudação costumeira. A paz, uma certeza nova, uma alegria encheu-lhes o coração. E mais ainda quando invocou sobre eles o Espírito, o Sopro Divino de vida. Daquele momento em diante tudo seria diferente para eles e elas.

Oração

Senhor Jesus, nem é possível imaginar a alegria que iluminou o rosto daquelas mulheres e daqueles homens. Enxugaram as lágrimas e eram apenas sorrisos abertos. Eu, meus irmãos e irmãs também precisamos de alegria, precisamos de vossa paz, que é vida, esperança e felicidade apesar de tudo. Dai-nos a paz da verdade, da bondade e do amor. Ajudai-nos a nos livrar do mal e da desesperança. Afastai tudo que nos possa dividir, e fazei-nos fonte de bem para todos. Sabemos que estais sempre entre nós. Transformai-nos, dai-nos o vosso Espírito, para que vos possamos anunciar e mostrar com nossa vida vosso poder de salvação. Sabemos que estais conosco: não permitais que a tristeza, o medo e a desesperança impeçam nossa caminhada. Amém.

20 - Segunda-feira - Santos: Antonino, Marcelino de Embrun

Evangelho (Jo 3,1-8) "Em verdade, em verdade, te digo, se alguém não nasce do alto, não pode ver o Reino de Deus."

"Ver o Reino de Deus" é aceitar que ele nos transforme e passe a guiar todos os nossos passos; é confiar plenamente em sua misericórdia; é colocá-lo em primeiro lugar em nossa vida. É viver de um jeito novo, que só é possível se Deus nos fizer nascer de novo, para a vida que vem dele. Como Nicodemos, cada um de nós precisa dar sua resposta pessoal e séria ao convite repetido do Salvador.

Oração

Senhor Jesus, como Nicodemos eu também preciso que ilumineis minha cabeça e meu coração, para que possa compreender e aceitar vossa palavra. Aumentai minha fé, minha entrega a vós; ajudai-me a perceber e a fazer cada dia o que esperais de mim. Se às vezes tentar resistir a vosso convite, dobrai minha teimosia. Seduzi-me com vossa bondade para que vos siga sem hesitar. Amém.

21 - Terça-feira - Santos: Anselmo, Conrado de Parzão, Sílvio

Evangelho (Jo 3,7b-15) "Como Moisés levantou a serpente no deserto, é preciso que o Filho do Homem seja levantado, para que todos que nele crerem tenham a vida."

Ainda nas primeiras páginas de seu evangelho João chama nossa atenção para a morte de Jesus. Vê-lo pregado na cruz, no maior rebaixamento, e crer que ele é o Filho de Deus e nosso salvador, aí está a fonte da vida nova para nós. Ver a na sua morte a grande manifestação de seu amor por nós e aceitar esse amor misericordioso, isso é o mais importante em nosso caminho para a salvação.

Oração

Senhor Jesus, olhando para vós pregado na cruz, eu digo com aquele soldado: "Na verdade esse homem era o Filho de Deus" (Mc 15,40). Só um Deus poderia amar-nos como nos amais, a ponto de dar a vida por nós (Jo 15,13), Creio em vosso amor imenso, creio que quereis a salvação de todos nós, pecadores de todos os tempos e de todos os credos. Espero em vossa misericórdia. Amém.

22 - Quarta-feira - Santos: Bartolomeu de Cervere, Sotero, Miles.

Evangelho (Jo 3,16-21) "De fato, Deus não enviou o seu Filho ao mundo para condenar o mundo, mas para que o mundo seja salvo por ele."

A grande e consoladora mensagem do cristianismo é essa: Deus ama-nos e quer a salvação e a felicidade de todos, pela participação na vida divina. Temos essa participação pelo poder do Filho de Deus encarnado, que nos une a si e nos faz seus irmãos. Isso constitui nossa felicidade, satisfaz todos os nossos anseios, muito acima de tudo quanto poderíamos esperar. Só Deus nos pode amar assim.

Oração

Senhor, creio que só quereis o meu bem, e tudo que fazeis e dizeis tem por finalidade fazer-me plenamente feliz. Só me resta agradecer tanta bondade e tamanha misericórdia. Não permitais que, tendo sido tão favorecido, eu ainda vos abandone e vos seja ingrato. Só vós podeis conservar-me sempre em vossa amizade; guardai-me então, e dai-me ser sempre fiel ao vosso amor. Amém.

23 - Quinta-feira - Santos: Jorge, Adalberto de Praga

Evangelho (Jo 3,31-36) "Aquele que acredita no Filho possui a vida eterna. Aquele, porém, que rejeita o Filho não verá a vida..."

Acreditar que Jesus é o Filho de Deus é a salvação para nós, e para quem o rejeita conscientemente não há salvação. É o dom da fé que nos leva a crer em Jesus; não é um sentimento mais ou menos forte; é convicção e entrega total nas mãos de Deus. Crer em Jesus é nele colocar toda a nossa esperança, é orientar para ele nossa vida toda, é abraçar de fato e em tudo seu jeito de viver.

Oração

Senhor Jesus, creio que sois o Filho de Deus, que vos fizestes humano como nós. Sois Deus que se fez próximo de nós, sois Deus que nos pode transformar e libertar do mal. Ponho em vós toda a minha confiança e tudo espero de vós, que estais sempre comigo. Aumentai, Senhor, minha fé, e ajudai-me a viver como me ensinais. Perdoai-me, porque tantas vezes vos faltei com o amor. Amém.

24 - Sexta-feira - Santos: Fidélis de Sigmaringa, Honório

Evangelho (Jo 6,1-15) "Vendo que uma grande multidão estava vindo ao seu encontro, Jesus disse a Filipe: - Onde vamos comprar pão para que eles possam comer?"

A narrativa lembra-nos o povo hebreu passando fome no deserto, e como por meio de Moisés Deus os alimentou. Isso deve ter vindo à memoria de muitos que disseram: "Esse é verdadeiramente o Profeta, aquele que deve vir ao mundo". Jesus afastou-se, para não ceder ao entusiasmo fácil dos que imaginavam encontrar nele alguém que viesse resolver suas necessidades e seus problemas políticos.

Oração

Senhor Jesus, creio que sois o Filho de Deus e tudo podeis. Mas não espero que façais milagres para resolver meus problemas e atender a minhas necessidades materiais. Espero vossa graça para viver bem, na paz e no amor, em justiça com meus irmãos. Mas preciso de vossa ajuda para enfrentar a vida com prudência, coragem, habilidade e alegria, para ter o necessário para nós todos. Amém.

25 - Sábado - Santos: Marcos, evangelista

Evangelho (Mc 16,15-20) "Ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho a toda criatura! Quem crer e for batizado será salvo."

Quando escreveu essa frase, Marcos tinha viajado muito, anunciando o evangelho em muitas terras. Essas palavras de Jesus tinham-lhe dado coragem para deixar a pátria e enfrentar o desconhecido. É preciso que elas encorajem ou quase obriguem também a mim no cumprimento da missão que o Mestre nos confiou. Há muito que fazer para que Jesus seja conhecido, amado e seguido.

Oração

Senhor Jesus, imagino as ideias e os projetos que giravam na cabeça dos discípulos ao receber essa missão. Se havia um pouco de receio, o entusiasmo era maior porque confiavam em vossa promessa. De vez em quando eu e meus irmãos precisamos que aumenteis nossa coragem e nossa animação. Ajudai-nos e não permitais que dificuldades e insucessos nos desencorajem. Amém

26 - 3º Domingo da Páscoa - Santos: Clarêncio, Lucídio, Exuperância

Evangelho (Lc 24,13-35) "Então disseram entre si: ─ Não estava ardendo nosso coração enquanto ele nos falava pelo caminho e nos explicava as Escrituras?"

Os dois discípulos reconheceram que seu hóspede era Jesus quando o viram iniciar a refeição fazendo o gesto ritual do partir o pão e dar graças a Deus. Foi um reconhecimento repentino, imediato, que afastou toda e qualquer dúvida. E antes que pudessem dizer ou fazer qualquer coisa, Jesus desapareceu. Ali, sobre a mesa ainda estava o pão partido, mostrando que viviam uma realidade e não um sonho. Imagino que estenderam a mão, apanharam o pão e comeram silenciosamente. E começaram a entender o que tinham experimentado durante a caminhada. Por que tinham sumido as dúvidas e os medos, por que alegria nova tomara conta de seu coração afastando os desânimos. Tinham de levar aos outros discípulos a descoberta que tinham feito: Jesus estava vivo.

Oração

Senhor, na certa esses dois discípulos ficaram marcados para sempre pela experiência vivida aquela tarde. Não apenas voltaram apressados a Jerusalém para contar o que tinha acontecido no caminho e como tinham reconhecido Jesus ao partir o pão. O resto da vida devem ter falado e recontado sua experiência. Aumentai, Senhor, minha fé, ajudai-me a vos conhecer sempre mais intimamente, fazei-me viver no vosso amor, e terei o que dizer aos outros. E poderei levar-lhes não só uma doutrina, mas um testemunho de vida. Vendo minha vida, minha fé e minha esperança alegre, descobrirão como é bom viver como vosso discípulo. Não precisarei dizer-lhes muita coisa, mas o que lhes disser terá gosto de verdade. É só isso que hoje vos peço. Amém.

27 - Segunda-feira - Santos: Zita, Tertuliano

Evangelho (Jo 6,22-29) "Esforçai-vos não pelo alimento que se perde, mas pelo alimento que permanece até a vida eterna, e que o Filho do homem vos dará."

Diante do que Jesus dizia, e principalmente vendo o que fazia, muitos achavam que ele era o Salvador prometido. A ideia, porém, que tinham desse Messias era ainda muito terrena: libertação dos invasores, bem estar, comida farta. Ainda hoje as palavras de Jesus valem para nós. A salvação que nos promete não é poder, fama ou prosperidade. É muito mais, é vida nova que dura para sempre.

Oração

Senhor Jesus, sei que devo procurar o necessário para que eu e os outros tenhamos vida digna. E devo para isso procurar meios justos e eficientes. Não posso porém esquecer que a terra jamais será um Paraíso. E que mesmo o maior bem-estar não pode trazer-nos felicidade completa. O que nos ofereceis é muito mais. Principalmente essa a felicidade quero procurar para nós todos. Amém.

28 - Terça-feira - Santos: Pedro Chanel, Valéria

Evangelho (Jo 6,30-35) "Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim nunca mais terá sede."

Tinham visto os pães multiplicados, mas ainda não acreditavam que ele fosse sua salvação. Queriam que fizesse alguma coisa mais extraordinária, como a abundância no deserto, nos tempos de Moisés. Jesus como que os desafia: devem acreditar nele por ele mesmo, confiar nele e reconhecer que somente ele poderá dar-lhes o pão da vida, a água que mata toda a sede que possamos ter.

Oração

Senhor Jesus, agradeço o dom da fé, que me leva a crer em vós, a me confiar inteiramente ao vosso poder de salvação. Aumentai minha fé, para que possa enfrentar momentos difíceis. E aumentai meu amor por vós. Tenho fome e sede de felicidade, e de vós espero todo bem. Mas eu sou volúvel e de uma hora para outra posso deixar-vos. Não o permitais, prendei-me a vós para sempre. Amém.

29 - Quarta-feira - Santos: Catarina de Sena

Evangelho (Jo 6,35-40) "E esta é a vontade daquele que me enviou: que eu não perca nenhum daqueles que ele me deu, mas os ressuscite no último dia."

Mais de uma vez disse Jesus que sua vida era fazer a vontade do Pai. E deixou claro o que o Pai quer - sua vontade que pedimos seja feita na terra como no céu - "que eu não perca nenhum daqueles que ele me deu, mas os ressuscite no último dia". Apesar de toda a nossa debilidade e de nosso pecado, podemos ter confiança. Em Jesus, cumpridor da vontade do Pai, temos a salvação agora e para sempre.

Oração

Senhor Jesus, toda a vossa vida, alegrias e dores, palavras e obras, tudo foi para fazer a vontade do Pai. Isso me enche de confiança e esperança. O Pai quer e vós quereis meu bem e minha felicidade. Alegro-me e entrego-me a vossa misericórdia. Não permitais, Senhor, que por minha maldade e minha dureza de coração, apesar de vós, eu me afaste de vosso amor, e rejeite a vida que me ofereceis. Amém.

30 - Quinta-feira - Santos: Pio V, Lourenço de Novara, Sofia.

Evangelho (Jo 6,44-51) "Eu sou o pão vivo descido do céu. Quem comer deste pão viverá eternamente."

Tinham comido no descampado o pão multiplicado, e foram procurar Jesus em Cafarnaum. Ele lhes disse que deviam mais procurar o pão da vida para sempre. E apesar de muitos não o aceitarem, Jesus afirma que ele pessoalmente é esse pão da vida, enviado pelo Pai para os salvar. Para nos salvar do pecado e da morte, porque quem se deixar assimilar por ele viverá eternamente na vida nova.

Oração

Senhor Jesus, creio em vós, creio que sois minha salvação. Tenho fome de vida, de bondade e de paz, e por mim mesmo não posso nem sei como saciar essa fome. Por isso, atraído pelo Pai, venho a vós e de vosso poder misericordioso espero tudo de bom, a vida de união convosco agora e para sempre. Saciai minha fome, vós que sois o pão da vida eterna. Preciso de vós, Senhor. Amém.