BEATO JOSÉ XAVIER

Beato José Xavier Gorosterratzu Jaunarena

Beato José Xavier Gorosterratzu Jaunarena

Beato José Xavier Gorosterratzu Jaunarena (1877-1936)".

O Beato José Xavier Gorosterratzu nasceu em Urroz, Navarra, em 28 de agosto de 1877. Uma missão pregada por redentoristas em um povoado próimo despertou sua vocação religiosa. Tinha já 16 anos e por isso ingressou para ser Irmão Coadjutor. Como tal, iniciou o Noviciado em 25 de agosto de 1895. Porém, ao descobrir sua boa vontade de estudar, fez sua profissão religiosa já como corista, em 8 de setembro de 1896. Em 25 de dezembro de 1903 recebeu a ordenação sacerdotal. Dedica os primeiros anos sacerdotais ao ensino da Filosofia no Seminário maior. Posteriormente residirá muitos anos em Pamplona, entregue ao ministério das missões, tanto em basco como em castelhano. Foi, também, muitos anos, confessor das Monjas Redentoristas de Burlada, ministério este de direção espiritual em que era muito apreciado. Possuía dotes de historiador. Entre seus escritos, destaca-se: 'Don Rodrigo Jiménez de Rada', premiado pela Real Academia de História. Chega a Cuenca em 1933 e aí lhe surpreende a guerra. No dia 22 de julho saiu do convento e se refugiou na casa do Sr. Elpidio Miranzo. Por causa dos registros, no dia 28 mudou-se para o Seminário, onde estavam refugiados o Sr. Bispo e outros sacerdotes. Os testemunhos que possuímos sobre sua conduta nesses dois refúgios no-lo apresentam "como apóstolo incansável, encorajando a todos com suas palavras e sua presença, sendo até o último momento senhor de seus atos". No dia 10 de agosto foi tirado á força do seminário para ser executado. Foi assassinado no caminho do cemitério. Como o coveiro de Cuenca teve o cuidado de anotar todas as informações que pôde sobre os redentoristas assassinados em Cuenca, não foi difícil encontrar seus restos mortais. Quando a guerra terminou, fez-se a exumação de seu cadáver. Seu corpo foi encontrado bem conservado e com a carne flexível.