ENESER 2018

Digite o texto aqui...

XXIII ENESER - 2018

Nos dias 20 a 22 de julho na Casa de Hospedagem Seminário Santo Afonso em Aparecida, foi realizado o XXXIII ENESER

Veja a chamada sobre o evento no Portal A12 acessando o link: ww.a12.com/redentoristas/hospedagem/noticias/uma-vez-redentorista-sempre-redentorista

Os vídeos e fotos estão disponibilizados no link: https://www.uneser.com.br/eventos-programados/eneser-encontro-de-aparecida/xxiii-eneser-2018/fotos-e-videos/

MENSAGEM DA DIRETORIA

"TESTEMUNHAS DO REDENTOR, solidários para a missão em um mundo ferido!"

" se dou pão aos pobres sou caridoso, se pergunto porque há pobres sem pão sou comunista!"( Dom Elder Câmara)

Com relativa frequência temos visto postagens provenientes de confrades, membros da UNESER, com críticas contundentes à ação da Igreja Católica, e à Congregação do Santíssimo Redentor, posturas consideradas por essas mensagens, como prática comunista. Pede-se mudança, mas na verdade pede-se retrocesso anterior ao Concílio Vaticano II. Politicamente deseja-se o retorno à Ditadura Militar no País, que foi tão nociva ao Brasil sob todos os aspectos.

Recentemente a missiva do Padre Inácio, Superior Provincial de São Paulo, (Comunicado 006 de junho de 2018 - Anexo 1 - cms.uneser-interativa.webnode.com/noticias-informativos/informativo-da-provincia-sp/), foi taxada de "ode ao comunismo", assim como a missa em Aparecida celebrada pelo Reitor da Basílica (21/04/2018), onde milhares de romeiros participaram.

Nós, o colegiado diretivo da UNESER, reunidos para analisar tais postagens, nos manifestamos veementemente contra tal posicionamento ideológico, que afronta a Igreja Católica, o Papa Francisco, a doutrina social da Igreja e a espiritualidade de Santo Afonso.

Comungamos dos princípios que regem a Igreja Católica, quer em Roma, quer na CNBB. Comungamos com a postura da CSsR e comungamos com os ideais expressos na última carta do nosso superior provincial (Comunicado 006 de junho de 2018).

Assim, propomos à reflexão o texto do padre Michael Brehl, Superior Geral da Congregação, bem como os textos desta Diretoria, já distribuídos aos participantes do ENESER 2017 (anexos 2 e 3 - cms.uneser-interativa.webnode.com/eventos-programados/xxii-eneser-2017/ e cms.uneser-interativa.webnode.com/provincias-vice-provincias/). Sugerimos ainda que se releia a carta introdutória do nosso superior provincial (anexo 1), principalmente quando ele nos incita a repensar este elogio à ditadura cívico/militar no Brasil: "ou voltamos aos bancos escolares para estudar a história recente desse Pais, ou permanecemos brincando de perigo comunista!" Discurso corrente nos anos 60 e 70, quando havia uma guerra fria, momento em que os Estados Unidos agrediam o Vietnã para evitar que o comunismo proliferasse.

Comunismo, para nós cristãos, deve ser o que está em Atos dos Apóstolos, capítulo 2, versículos de 42 a 47. Enquanto que o comunismo que se propala nestas infelizes postagens, não existe. O maior e mais populoso país do mundo (2ª economia do mundo) a China, pratica também o capitalismo assim como os Estados dos Unidos.

"Ser solidários para a missão neste mundo ferido em que vivemos" deve ser nosso foco de reflexão e ação concreta como cristãos, não nos permitindo, portanto, propalar aleivosias e rancores velhos e ultrapassados.

Por isso, conclamamos os membros da UNESER a permanecer fiéis aos princípios evangélicos, tão bem reafirmados pelo Papa Francisco, praticados por Santo Afonso e vivenciados pela Congregação Redentorista.

A Direção

JULHO de 2018