Uma mulher, brasileira, no “top” do Vaticano (Inédito!)

16/09/2014 18:12

 

Sandro Magister
Settimo Cielo
14-09-2014
 
O Papa Francisco nomeou no dia 13 de setembro último, novos membros da Congregação para a Evangelização dos Povos. Entre os nomeados estão cardeais, bispos, alguns religiosos e uma irmã religiosa, a superiora das Missionárias Combonianas, a brasileira Luzia Premoli.
Papa Francisco com a Ir. Luzia Premoli (comboniana)
 
E isto é uma novidade.
 
É desta maneira que a notícia foi acolhida pelo jornal Avvenire [órgão oficial da Conferência Episcopal Italiana], explicando que é uma prática deste dicastério ter entre os seus membros também superiores gerais das ordens religiosas, mas é a primeira vez que é nomeada a superiora de um instituto feminino.
 
Assim, com Papa Francisco, pela primeira vez uma mulher torna-se membro de um ministério de primeira linha da cúria romana, isto é, de uma congregação.
 
Nem a Congregação para os Religiosos, que tem entre seus membros os superiores religiosos, nunca teve entre seus membros uma mulher, mas sempre somente superiores de ordens exclusivamente masculinas.
 
Contudo deve ser dito que nesta congregação tem uma presença feminina. Trata-se de Nicla Spezzati, das Irmãs Adoradoras do Sangue de Cristo, no papel de sub-secretária. Assim como há religiosas e leigas entre os membros de alguns conselhos pontíficios: o dos leigos, da família, de Cor Unum, de justiça e paz.
 
“Propaganda Fide” é um dos mais importantes da cúria romana, tendo grande influência sobre todos os territórios de missão.
 
A ela cabe instruir as práticas para a nomeação dos ordinários de mais de mil circunscrições eclesiásticas espalhadas pelo mundo: quase 40% de todas aquelas da Igreja católica.
 
Mas a Irmã Luzia Premoli, como também os superiores religiosos masculinos que são membros da congregação, não poderá se ocupar das nomeações episcopais.
 
Como explica o cardeal prefeito da "Propaganda", Fernando Filoni, há dois tipos de reunião da congregação: a sessão ordinária onde se trata das nomeações eclesiásticas e a plenária que "traça as linhas diretrizes da atividade missionária que são propostas ao Santo Padre".
 
Na primeira participam exclusivamente os membros cardeais e bispos, enquanto que os superiores gerais, e agora também a superiora das combonianas, são admitidos somente na segunda.
 
Chama a atenção que tanto a Irmã Luzia Perondi quanto a Irmã Nicla Spezzati, não usam o véu característico das suas congregações.
 
Luzia Premoli é natural do Espírito Santo, diocese de São Mateus.
 
Traduzido do italiano por IHU On-Line.
 
Fonte: Instituto Humanitas Unisinos – Notícias – Segunda-feira, 15 de setembro de 2014 

 

Voltar