Tudo depende da paz que vai no coração

17/05/2016 09:14


Bom Dia! Os dias parecem rápidos... É só impressão! O tempo não se apressa! Que cada passo se encontre com o respectivo compasso! Que não percamos o sabor de cada momento! "Algumas vezes o esperado simplesmente perde a importância comparado ao inesperado." A vida vai alcançando a forma das expectativas e dos sonhos embalados no mais íntimo do ser. Em relação ao amanhã, são poucos os que aceitam que a vida surpreenda. Parece haver uma ideia fixa: tudo deve acontecer conforme o que foi planejado. Se algo destoar, a frustração irrompe. Por outro lado, a vida gosta de surpresas. O inesperado ressurge do nada, preenchendo os recantos da expectativa. É evidente que são necessários verdadeiros projetos de vida. Saber o que se quer da vida é o básico. O segredo, no entanto, é permitir à vida um significativo espaço para a livre movimentação. Não é a matemática que rege a existência. O emocional é capaz de reunir formas e cores surpreendentes. Nada está definido, mas tudo pode fazer sentido. É recomendável deixar um espaço de liberdade à vida. A inflexibilidade já amargou muitas decepções. Deixar um espaço para o inesperado é uma opção interessante. A vida parece gostar de surpreender. Do nada pode surgir o tudo. Os dias não são iguais, os pensamentos se alternam, os movimentos se conjugam: viver é uma arte que aguarda por bons artistas. Se o esperado deixar espaço para o inesperado, nada de decepção. Pelo contrário, a vida aguarda por algumas surpresas. Só assim os dias serão mais divertidos. Porém, as surpresas acontecem para quem tem sensibilidade e leveza no olhar e no acolher as diversas situações do cotidiano. Tudo depende da paz que vai no coração. Bênçãos! Paz e Bem! Santa Alegria! Abraço!

Voltar