Teólogo brasileiro recebe o Prêmio Ratzinger

17/11/2015 11:38

16/11/2015

mario-franca-mirandaO teólogo brasileiro padre Mario de França Miranda (foto) é um dos dois vencedores do Prêmio Ratzinger 2015, concedido pela Fundação Joseph Ratzinger. Os vencedores da premiação, que será entregue neste sábado, 21, foram anunciados nesta segunda-feira, 16, pela Fundação. Também será premiado o teólogo libanês Nabil el-Khoury.

“Com essa escolha, a Fundação alarga por assim dizer ainda mais seus horizontes. De fato, desde o primeiro momento os Prêmios Ratzinger foram concedidos a teólogos de diversas nacionalidades (…) e a representantes de outras confissões cristãs”, afirmou Dom Luis Francisco Ladaria Ferrer, que é membro do Comitê Científico da Fundação, na coletiva desta manhã quando o prêmio foi anunciado.

Dom Ladaria informou que ambos os premiados são católicos, mas pertencem a realidades distintas: um à América Latica e o outro ao âmbito oriental católico. Ele também observou que todos os dois se aproximaram ao pensamento e ao ensinamento de Joseph Ratzinger, o Papa emérito Bento XVI.

Professor Mario é doutor em Teologia pela Pontifícia Universidade Gregoriana, em Roma. Além dos temas clássicos da Teologia Dogmática, ele também se ocupou dos novos desafios teológicos dos últimos tempos, como a teologia das religiões e a inculturação da fé.

O padre é autor de 14 livros e centenas de artigos. É membro dos conselhos de redação de diversas revistas e já colaborou com o trabalho tanto da Conferência Episcopal do Brasil e com o Celam. Por dez anos ele foi membro da Comissão Teológica Internacional, na época em que o então Cardeal Ratzinger era o presidente enquanto Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé.

Por Canção Nova, com Boletim da Santa Sé

 

Voltar