Segunda laje: próxima etapa da obra do Novo Santuário

07/03/2015 20:44

   07 de março de 2015


DESTAQUE_NEWSLETTER_02_2015_03_06_001Nem mesmo o tempo chuvoso atrapalha o andamento das obras da Nova Casa do Pai, em Trindade (GO). Por lá, os operários trabalham dia após dia para que o cronograma seja seguido à risca. Em breve, todos os esforços serão concentrados em uma nova fase: a construção do corpo da igreja. Por isso, uma nova laje começará a ser concretada.

A primeira laje construída foi a do subtérreo, e outras ainda serão feitas. O engenheiro civil Fernando Arcanjo explicou que a segunda é a da nave do Novo Santuário: "Temos a praça elevada com 60 mil metros quadrados, que não vai ser construída agora, e temos a igreja. Então, a nossa meta é que no final de março a gente comece a construir o corpo da igreja".

Do total de 473, já foram construídos mais de 100 pilares. Quase todos que foram, e aqueles ainda serão feitos nesta fase, são para a sustentação das lajes. "Nós fizemos pilares de variadas dimensões para suportar a base da igreja. Temos os pilares circulares, da cúpula da igreja, e temos os pilares de maiores dimensões para suportar a laje e mais essa estrutura da igreja", pontuou o engenheiro.

Paralelamente à construção dos pilares, estão em fase de finalização os processos de reaterro e impermeabilização na estrutura já pronta no Novo Santuário. O fiscal de obras Alex Cruz explicou que os dois são fundamentais para evitar futuros problemas com infiltrações: "A impermeabilização do ossário é muito importante para garantir que tudo o que foi feito não será perdido com as ações da terra e da água".

DESTAQUE_NEWSLETTER_02_2015_03_06_002Doações para a construção

Assim como na concretagem da laje do subtérreo, a fase da construção dos pilares e da próxima laje do Novo Santuário precisa de uma quantidade grande de concreto. A Campanha do Cimento tem reunido verdadeiros Operários do Pai Eterno que, com gestos concretos, têm mantido a obra em bom andamento.

"O associado, o filho do Pai Eterno, colabora não somente com as Novenas, com o nosso trabalho missionário, com as obras de evangelização e também sociais, evangelizando na pessoa do mais necessitado, mas também faz com que esta obra aconteça. Quanto mais pessoas participam desta obra de maneira ativa, rezando e colaborando com aquilo que o coração inspira, mais ainda a Casa do Pai vai ficando pronta", disse o Superior Provincial dos Redentoristas de Goiás e presidente fundador da Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe), Pe. Robson de Oliveira.

As doações extras para a Campanha do Cimento: Gesto Concreto podem ser feitas através dos boletos enviados nas cartas mensais do Pe. Robson de Oliveira ou no portal Pai Eterno, onde as doações podem ser feitas de maneira totalmente segura.

Fonte: Afipe

Voltar