Província Redentorista de Campo Grande celebra Jubileu de 25 Anos

23/10/2014 01:36

A Província Redentorista de Campo Grande celebra em 2014 os seus 25 anos como unidade autônoma da Congregação. Esta data foi comemorada ao longo de todo ano, começando a ser celebrado ainda em maio, com um fórum sobre a história e a atividade missionária dos redentoristas desta unidade.

25 anos da Província Redentorista de Campo Grande

O Fórum, celebrado no mês de maio de 2014, aconteceu em dois Estados: Mato Grosso do Sul e Paraná. O seu objetivo foi o celebrar o percurso nosso missionário como Província. O pano de fundo foi o de fortalecer a vida redentorista entre os confrades do Paraná e do Mato Grosso do Sul e ajudar os leigos a conhecerem melhor nossa missão e espiritualidade, estimulando as vocações. É olhar o presente, a partir do passado e preparar melhor o futuro. 

Em Campo Grande, o Fórum foi realizado no dia 17 de maio de 2014 e, em Curitiba, no dia 24 de maio de 2014. Para esse evento foram convidados todos os confrades desta Unidade Provincial, vocacionados, líderes das comunidades, das paróquias e santuários, formandos de todos os níveis, confrades de outras Unidades, profissionais de mídias, leigos redentoristas e outros.  

 

"O critério para comemorar esses 25 anos é continuar sonhando juntos, assim como os pioneiros sonharam!"

Os temas contemplados no fórum focaram o trabalho missionário da Província nas diversas áreas missionárias e a espiritualidade redentorista nos tempos atuais. Vários conteúdos foram abordados, a saber: as respostas dos redentoristas, a partir do carisma da Congregação, às urgências da Igreja no Brasil e na missão com os pobres, desde o Paraná e o Mato Grosso do Sul; as realidades e perspectivas da juventude em relação às vocações e sua dimensão missionária, desde o carisma redentorista na Província; as iniciativas e como se tem desenvolvido a missão provincial na construção de uma Igreja comunidade de comunidades, desde as paróquias, santuários e missões populares; e, finalmente, a religiosidade popular e a evangelização nos santuários e paróquias da Província na ótica da Teologia Moral afonsiana. 

Os anos se passaram, os sonhos foram sendo realizados e outros foram sendo "sonhados". O que sempre continuará atual é o diálogo, a oração, a consciência dos talentos e das fraquezas, a perseverança na vocação e a firme presença do Espírito Santo. Celebramos o campo cultivado no passado, colhemos os frutos no presente e preparamos as sementes para que continuem a produzir mais frutos no futuro. O critério central para a comemoração desses 25 anos é continuar sonhando juntos, assim como os pioneiros sonharam!  

Início de nossa História

A pedido do bispo diocesano de Corumbá, dois Redentoristas da Província de Baltimore, nos Estados Unidos, chegaram em Santos no dia 23 de novembro de 1929. Eram eles Francis Mohr CSsR e Alphonse Hild CSsR e foram acolhidos pelo, então, vice-Provincial de São Paulo, Pe. Estevão Heigenhauser CSsR. Em 23 de janeiro de 1930, esses dois confrades norte-americanos assumiram a missão paroquial em Aquidauana, MS, na paróquia Imaculada Conceição.

Daí em diante, foram assumidos campos missionários em Miranda-MS, Bela Vista-MS, Campo Grande-MS, Ponta Porá-MS, Tibagi-PR, Ponta Grossa-PR e vários outros, alguns dos quais já foram entregues em vista de outras frentes missionárias. A Unidade de Baltimore assumiu a região do Mato Grosso do Sul e Paraná e também do Paraguai, com comunidades em Bella Vista, Asunción e Pedro J. Caballero, tendo Campo Grande como Vice-Província. Primeiro, Campo Grande tornou-se Província em 12 de outubro de 1989. Mais tarde, em 2010, o Paraguai também tornou-se Província.

Pe. Gelson Luiz Mikuszka, C.Ss.R.
Província de Campo Grande

Voltar