“O que se faz sem obrigação e sem interesse é o que define quem somos.”

04/07/2016 09:15

Bom Dia! Nova semana, novas esperanças... Bom seria ter sempre um coração novo... Nada que seja impossível. A espiritualidade renova qualquer coração! “O que se faz sem obrigação e sem interesse é o que define quem somos.” O sonho por um mundo, onde as pessoas possam se movimentar unicamente pelo bem comum, continua muito atual. Mesmo que alguns coloquem os próprios interesses em primeiro lugar, ainda há corações despidos da ganância. Com o passar dos dias, as pessoas necessariamente vão demonstrando o que são. A convivência permite e provoca a espontaneidade. Ninguém consegue disfarçar a sua peculiaridade por muito tempo. Viver é revelar-se pouco a pouco. Há pessoas que são um verdadeiro encanto, carregam o céu dentro de si. Outras deixaram o orgulho desfigurar a beleza interior. A gratuidade, no entanto, define a riqueza de uma existência. Tudo o que é feito sem obrigação e sem interesse revela o que há de melhor em cada um. Quando uma pessoa age unicamente por interesse a vida perde o brilho. As atitudes revelam as pessoas, permitindo aproximação ou distanciamento. Há um verdadeiro exército de pessoas voluntárias que esbanjam felicidade. A oportunidade de fazer o bem surge no caminho de todos. Corações endurecidos pelo apego material entendem tal ação como perda de tempo e risco de empobrecimento. Bom mesmo é reservar um espaço, na densa agenda diária, para estender a mão a quem necessita. Há muitos outros ganhos, para além dos valores monetários. Feliz de quem não reduz tudo a partir do viés econômico. Agir sem outros interesses é abrir espaço para que o amor multiplique criatividade e intensifique a bondade. Bênçãos! Paz e Bem! Santa Alegria! Abraço!       

Voltar