“Mas nem sempre é necessário tornar-se forte. Temos que respirar nossas fraquezas”

01/02/2016 10:32

Bom Dia! Bem-vindo, fevereiro! O segundo mês deste ano que não pode e nem deve envelhecer... Ainda bem que, neste ano, fevereiro tem 29 dias! Um dia a mais, mais chances para ser feliz! “Mas nem sempre é necessário tornar-se forte. Temos que respirar nossas fraquezas”. (Clarice Lispector). A vida é provada pelo cansaço. Cansar de ser forte não é anormal. Pelo contrário, quem é forte também cansa. Em alguns momentos, ser forte é quase uma tortura. Nestas horas, a melhor saída é respirar a fraqueza e buscar um intervalo. A fraqueza é como um direito adquirido. Não passa pela oficialidade. Faz parte daqueles sentimentos que vão se estabelecendo e tomando conta dos espaços comum do cotidiano. Mas a fraqueza tem tempo determinado. É coisa para pouco tempo. Questão de alguns instantes. Ninguém está destinado a ser fraco. Se tem vida, tem fortaleza. Sim, mas com o direito de derramar lágrimas, de achar que não vale a pena apostar. Jogo rápido: fraqueza não pode ser duradoura. É como um lapso de memória. Em seguida é necessário voltar à normalidade, isto é, ser forte para si mesmo para ser forte para os outros. Ninguém aguenta apenas parecer forte. É preciso construir uma fortaleza dentro de si. Igual àquelas construções que nunca terminam. Ninguém consegue dizer: agora sou totalmente forte. Quantos enfrentam verdadeiras batalhas, mas provam a fraqueza nas coisas mais simples. Fortaleza e fraqueza vão se intercalando e mesclando histórias que não deixam de buscar um  final feliz. Ser fraco não é uma escolha. É uma questão de aceitação da limitação humana. É preciso aprender a conviver com isso. Evidente que a busca prioritária é ser forte. Mas se a fraqueza se apresentar, nada de alarme. Ela é passageira, transitória. A fraqueza pode confirmar o quão importante é ser humilde e aceitar também o contraditório, o dolorido, o que decepciona. Quem sabe respirar as próprias fraquezas, está preparado para inspirar verdadeiras fortalezas. Bênçãos! Paz e Bem! Santa Alegria! Abraços!        

Voltar