Dias exigentes, coração um pouco pensativo

26/11/2015 09:59

BOM DIA! Dias exigentes, coração um pouco pensativo. Ainda bem que a paz não sai da bagagem existencial. Vamos que vamos! “Tem gente que não tem dinheiro, não tem casa, não tem nada material, mas tem o bem mais precioso que alguém poderia ter: CORAÇÃO!” A humanidade começa a dar sinais de cansaço. Corre-se tanto em busca de coisas e a felicidade, por vezes, está em outra direção. Apressamos o passo, mas não acertamos a meta. Coisas materiais, todas as pessoas necessitam. Acumular ou viver somente em busca de coisas, não tem ajudado, quando a necessidade é a própria felicidade. Tem pessoas que desenvolveram enormemente a capacidade cognitiva. Chegam a surpreender na facilidade de ampliar o conhecimento. São eloquentes e especialistas. Mas continuam buscando o que parece indefinido. Ganhos materiais podem encantar. Fala-se, inclusive, em sonho de consumo. No entanto, somente um coração simples e humilde é capaz de alcançar um patamar elevado de felicidade. O bem mais precioso reside nas dimensões e qualidades do coração. A maior riqueza de uma pessoa é o seu coração. A bondade se refugia no coração, a paz busca abrigar-se no coração. De fato, o coração é o lugar onde se pode agrupar e depositar o que não ocupa espaço: o amor. É importante ter um ótimo desenvolvimento intelectual. Mas não é possível viver bem com um coração distante dos valores humanos. Interessante: o mundo dos negócios não aceita valorizar o coração. Mais ainda: quem usa o coração, dizem, não pode estar em postos de negociação. Acontece que corremos um risco: no final da vida poderemos ter coisas e estar com o coração vazio. Tenho olhado atentamente para o meu coração. Confesso que os momentos de serenidade e alegria são cada vez mais prolongados. Como gostaria que essa realidade estivesse presente em todos os corações. 

Bênçãos. Paz e Bem! Santa Alegria! Abraços!

Voltar