Brasil é o país com o maior número de Redentoristas

06/04/2014 01:20

 
 

religioso redentoristaO Brasil é o país com o maior número de Redentoristas no mundo, é o que apontou o último relatório da Cúria Geral da Congregação do Santíssimo Redentor, em Roma, realizado pelo Irmão Plácido Nguyen Van Dien, C.Ss.R.  Os dados da estatística compõem o quadro da Congregação Redentorista em 31 de dezembro de 2013. 

De acordo com o relatório anual, os Redentoristas estão presentes em 79 países e somam 5.049 religiosos. Deste total, 53 são bispos, 88 noviços, 430 irmãos, 645 estudantes e 3.909 padres. 

Somente no Brasil, são 620 padres, o que representa 12% do total da presença Redentorista no mundo. 

Para o Missionário Redentorista padre Inácio Medeiros, C.Ss.R., da Província de São Paulo - unidade que possui o maior número de religiosos no país, cerca de 200 religiosos espalhados em 18 comunidades - o crescimento no Brasil deve-se, em grande parte, às frentes pastorais assumidas pela congregação e pelo trabalho vocacional intenso. 

 

Somente no Brasil, são 620 padres, o que representa 12% do total da presença Redentorista no mundo. 

“Os Redentoristas ocupam algumas frentes de pastoral, como no Santuário Nacional de Aparecida, no estado de São Paulo, que nos dão uma grande visibilidade. Nessa relação entram os grandes santuários como o do Divino Pai Eterno, em Goiás, e de Bom Jesus da Lapa, na Bahia, a ação dos meios de comunicação e, sobretudo, a pregação das Santas Missões. Na Província de São Paulo, que é uma das mais fortes da Congregação, desde que os Redentoristas alemães aqui chegaram já se iniciou um trabalho de promoção vocacional”, assinala o religioso. 

Padre Inácio Medeiros destaca ainda a figura carismática Missionário Redentorista Padre Vítor Coelho de Almeida, que desenvolveu um rico trabalho de evangelização nas Santas Missões, na Rádio Aparecida, e no Santuário Nacional de Aparecida, destacando-se pelo seu extraordinário carisma de pregador da Palavra de Deus, divulgando o carisma da Copiosa Redenção por todo o país. 

Ao analisar a realidade mundial, o missionário frisa a realidade desafiadora que algumas províncias europeias e americanas enfrentam com a falta de vocações. “Algumas províncias da Europa e dos EUA passam por dificuldades devido ao modelo de Igreja e de ação que lá foi estruturado, carecendo de uma boa renovação”.  

Veja alguns dados da presença Redentorista no mundo: 

O episcopado mundial é marcado pela presença de 53 bispos em 22 países. 

Os 7 países com o maior número de comunidades religiosas: Brasil (101), Estados Unidos (58), Índia (38), Itália, Argentina e Colômbia (26), e Vietnã (24). 

Os 6 países com o maior número de padres: Brasil (480), Estados Unidos (349), Polônia (255), Índia (201), Itália (180), e Vietnã (178). 

Os 5 países com o maior número de irmãos: Brasil (71), Estados Unidos (45), Alemanha (31), Vietnã (29), e Canadá (20). 

Os 5 países com maior número de seminaristas: Burkina Faso (166), Brasil (124), Tailândia (100), Vietnã (80), e Madagascar (78). 

Foto de: arquivo.

bispo_redentorista

Bispo Peter Hugh Brown. 

Na ilha de Samoa, o único Redentorista é o bispo Peter Hugh Brown, C.Ss.R. 

Em Cuba vivem 5 Redentoristas em 2 comunidades.  

Os idiomas mais falados pelos Redentoristas: inglês (2.012), espanhol (947), português (701), polonês (532), francês (355), alemão (302), italiano (200).

 

Voltar