Às vezes nem sobra tempo para pensar em tudo o que vai movimentando a vida

17/11/2015 11:44

Bom Dia! 

 É preciso ir adiante. Faz bem dinamizar os passos. Abraçando mais um dia... “Hoje eu escolhi sorrir, amanhã a gente vê o que faz.” A vida é feita de escolhas. Todos os instantes provocam decisões. Escolhe bem quem sabe onde quer chegar. Não tem como ser diferente. Por outro lado, é possível viver sem levar em conta que haverá um amanhã que resulta do hoje. Mas se for necessário optar entre o hoje e o amanhã, é importante escolher o hoje. Em alguns momentos é possível estar no hoje, mas preparando o amanhã. Nem todos os dias permitem um encaminhamento do amanhã. Se a opção tiver uma única alternativa, vou escolher sorrir hoje. Gostaria até de garantir a possibilidade do sorriso no amanhã. Não tem como. Então, o que vai ser feito é no momento presente. O hoje está totalmente em nossas mãos. Preocupações excessivas com o amanhã nunca deram certo. Quando olho para o amanhã, não posso esquecer que ele é feito dos encaminhamentos que ocupam um pouco do hoje. Se não fosse esse desejo de antecipar o amanhã, a vida teria menos preocupações e decepções. Escolhas não deveriam ter espaço no amanhã. Dessa forma não haveria o risco de comprometer o hoje. Viver um dia de cada vez é salutar, é empolgante. Não se trata de indiferença quanto ao dia seguinte. É uma escolha, uma decisão. Quero reunir o melhor de mim para abraçar o hoje da minha existência. Tornar o ‘hoje’ um lugar aconchegante, protegido, abençoado. Talvez não haja um amanhã. No fundo, nem isso importa. Não quero deixar o hoje simplesmente passar. Não pretendo lamentar a passagem do hoje. A decisão está tomada: quero viver intensamente o hoje. Amanhã vou ver o que fazer. Claro, um dia bem vivido já é promessa de um amanhecer de esperança. Essa coisa de ficar mais no ontem e no amanhã e relegar o hoje para um plano inferior, não rende. Hoje eu escolhi sorrir, amanhã a gente vê o que faz. Bênçãos! Paz e Bem! Santa Alegria! Abraços!  

Frei Jaime 

 

Frei Jaime Bettega

Frei Jaime tem formação em Filosofia, Teologia, Administração de Empresas, Pós Graduação em Gestão de Pessoas e Mestrado em Administração, com enfoque na Espiritualidade nas Organizações. Professor de Ética Organizacional do curso de Administração de Empresas da UCS.

  Coordenador da Legião Franciscana de Assistência aos Necessitados (Lefan) e é o fundador do Projeto Mão Amiga, que auxilia crianças carentes.
Apresentação de  programa, na rádio São Francisco  (560 AM) Rede Maisnova FM e articulador do Jornal Correio Riograndense.

 

Voltar