REUNIÃO DA EQUIPE COORDENADORA DO 

ENCERRAMENTO NO DIA 16/11

 
 

 
 
 
Ano de Promoção da Vocação Missionária Redentorista
“O Redentor te chama pelo nome.”
“Sê forte na fé e alegre na esperança”
Ata da reunião da Comissão do Ano Vocacional - 28/09/2014
 
No dia 29 de setembro de 2014, no Seminário Santo Afonso, realizou-se mais uma 
reunião da Comissão do Ano Vocacional Redentorista. 
Estiveram presentes pelo Secretariado Vocacional: Pe Anísio Tavares CSsR, Fr. João 
Paulo de Oliveira CSsR, Ir. Ernesto Coelho, CSsR, e a leiga Thamara Gomes. Pelos 
formandos: postulante Jonas de Pádua. Pelo Governo Provincial: Pe José Inácio de 
Medeiros, CSsR. Pelo Portal A12.com: Ir. Torres, CSsR. Pela UNESER: José Roberto 
Staliano e Cláudio Soares da Silveira. Pela JUMIRE: Thaís Goes Neves. E Ir. Alan Patrick 
Zuccherato, CSsR, representante do projeto CD Vocacional. Justificaram suas 
ausências: Pe. Luiz Almir, pela equipe Missionária Redentorista, Fábio Pavanello, pelos 
leigos redentoristas, Ir. Marlene Inês Teixeira, Pelos Institutos Afiliados e Congregação 
das Irmãs Mensageiras do Amor Divino, Ir. Sirley, pelas Oblatas, e Irmão Viveiros, pelo 
Santuário Nacional de Aparecida. Nenhum representante da Rede Aparecida de 
Comunicação compareceu à reunião. 
Pe. Anísio conduziu a oração inicial e fez a leitura da ata da reunião anterior para 
apreciação do grupo. Após a acolhida, irmão Ernesto relembrou o início dos trabalhos 
desta comissão, fazendo uma breve retrospectiva do Ano Vocacional Redentorista. 
O principal assunto tratado na reunião foi a Romaria Redentorista, evento de 
encerramento do Ano Vocacional. Pe. Anísio deu um repasse sobre a reunião com a 
Secretaria de Pastoral do Santuário Nacional e prefeitos de Igreja. Pe. Anísio também 
mostrou o folheto de cânticos elaborado pela Editora Santuário para ser usado na 
missa do dia 16/11.
Na sequência, a equipe debateu sobre as equipes de apoio para a Romaria 
Redentorista, dividindo as tarefas entre alguns grupos, liderados por missionários 
redentoristas.
Acolhida – Juventude de Sapopemba e Tiradentes (liderados por Fr. Ronan e Fr. João 
Paulo Ramos) – Ainda falta verificar quantos jovens virão de cada paróquia.
Missa (liturgia): Irmão Ernesto e Padre Anísio
Missa (organização de entradas): Irmã Marlene e Thamara 
Camarim: Olívia, Naiara, Dani
Espaço Vocacional: convidar os Institutos Afiliados para participarem deste espaço. 
Fr. Daniel Benedito: Centro de Eventos
Procissão: Fr. João Paulo OliveiraA equipe optou por verificar o preço de coletes para a equipe de apoio, devido ao 
preço e pela praticidade em relação aos tamanhos. A ideia é confeccioná-los para usar 
em outros eventos. 
Ainda sobre a Romaria, será preciso verificar com o Centro de Eventos a possibilidade 
de colocarmos esse Espaço Vocacional, de preferência no corredor de entrada da 
quadra. Ver também a possibilidade de um stand para venda do CD Vocacional. O 
seminarista Jonas, junto com a juventude de Campinas, ficou responsável pelo mural e 
plaquinhas para fotos. A equipe sugere que seja solicitado ao departamento de TI a 
liberação do wifi para todos os presentes no evento.
Sobre a cobertura da Romaria Redentorista, Thamara irá solicitar a ajuda do Portal A12
para fotos, vídeos e textos. Jonas também sugere que seja feita uma integração com a 
juventude, com fotos e vídeos feitos também pelos jovens.
A equipe fez um levantamento sobre o número de pessoas que poderão estar 
presentes na Romaria Redentorista: há cerca de 23 ônibus das diversas paróquias e 
comunidades já confirmados para o evento. Imagina-se que esse número de ônibus 
chegue a 30.
Depois de tratar da Romaria Redentorista, houve um repasse sobre o envolvimento 
das paróquias/comunidades e grupos no Ano Vocacional Redentorista:
Ir. Alan: Em Miracatu a turma se envolveu bastante. Na zona rural, por exemplo, 
procuraram saber o que era esse Ano e como fazer para participar.
Ir. Ernesto: Para o Secretariado Vocacional o Ano Vocacional foi muito importante.
Nossa turma de vocacionados se envolveu bem, muitos dizem que virão na Romaria 
Redentorista. Eles gostam de acompanhar tudo pela internet, estão ligados em tudo o 
que se refere ao Ano Vocacional.
Jonas: Em Campinas, nós reparamos que o Ano Vocacional favoreceu muito a 
integração com a comunidade e com a juventude. Pudemos também conhecer melhor 
o Corpo Missionário que integra a Congregação. Com isso, conseguimos transmitir 
mais sobre o carisma redentorista e sobre a história e missão da Congregação para 
eles (comunidade e jovens). 
Staliano: A UNESER fez uma boa divulgação do Ano Vocacional. Também levamos a 
Capelinha até ao nosso encontro. O único entrave é que nossos membros são de vários 
lugares do Brasil, sendo difícil chegar a todos. Vamos participar também da Missão 
Jovem, em Gonçalves-MG.
Padre Inácio: Sugere que seria interessante contar com o Secretariado Vocacional nas 
missões, ainda mais que no ano que vem haverá missão em cidades de porte médio e 
que não são distantes de São Paulo (Guarulhos, Santo André, Assis). Pensar também 
em enviar um representante do Secretariado Vocacional para a novembrada, que será 
em São João da Boa Vista. Irmão Ernesto ressalta que ter a presença de um membro 
da equipe de missões e do governo provincial nesta Comissão do Ano Vocacional foi 
muito bom, nos sentimos acolhidos e houve um entrosamento maior com os diversos 
setores da Província.
Fr. João Paulo: esteve presente nas últimas três acolhidas da Capela Vocacional nas 
paróquias. Em Sapopemba, houve uma celebração dinamizada, com bastante participação. 
Em Tiradentes também houve muita participação, com uma missa que
durou cerca de duas horas. Na semana passada, levamos para a Paróquia Nossa 
Senhora do Perpétuo Socorro, no Jd. Paulistano, numa realidade muito particular em 
relação às demais comunidades nossas que estão em São Paulo. O Padre Anísio 
Presidiu a missa. A peregrinação termina em Aparecida, chegando no dia 18/10.
Padre Anísio: partilha sobre a Sala Vocacional no Santuário Nacional. O Santuário 
reestruturou todo o esquema deste espaço, agora com mais opções multimídia, com 
três ambientes (hall, almoxarifado, e uma sala mais reservada). Deverá ser inaugurado 
em breve.
CD Vocacional:
A parte de gravações e mixagem ocorreu dentro do tempo previsto. O entrave maior 
foi em relação aos aspectos burocráticos, de assinaturas e certificados necessários 
para as músicas. A Zilma está cuidando dessa parte na sede provincial. A previsão é 
que no final de outubro o CD esteja pronto, podendo ser vendido na Romaria 
Redentorista.
---
A equipe deixou previamente agendada uma reunião com os líderes das equipes de 
apoio da Romaria Redentorista para o dia 15/11, às 16h, na Casa de Retiros Irmão 
Bento, em Potim-SP.
A próxima reunião da Comissão do Ano Vocacional será realizada no dia 23 de 
novembro (domingo), às 15h, no Seminário Santo Afonso, em Aparecida-SP, seguida 
de confraternização.
Com a oração final, encerramos mais uma reunião da Comissão do Ano Vocacional
 

Ano Vocacional Redentorista

ENVIAI, SENHOR!
 

Foto de Thamara Gomes

******************************************************************************************

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

 

REUNIÃO DO DIA 01 DE JUNHO EM APARECIDA

 
ATITUDE VOCACIONAL Nº 84
 

ATITUDE VOCACIONAL  N° 83

 

 

 

Irmão Ernesto, promotor vocacional participando de programa de rádio durante as Santas Missões em Alfenas - MG

 

Foto de Secretariado Vocacional Redentorista.
Foto de Secretariado Vocacional Redentorista.
Foto de Secretariado Vocacional Redentorista.
Foto de Secretariado Vocacional Redentorista.
Bom dia! A Capela Vocacional continua sua peregrinação por paróquias e comunidades redentoristas. No último sábado, Irmão Ernesto Coelho a conduziu até Alfenas-MG, onde acontecem as Santas Missões Redentoristas. O promotor vocacional participou também de um programa de rádio local para falar sobre o tema vocação.
Que este Ano Vocacional Redentorista desperte-nos para a vocação que cada um traz consigo!

 

**********************************************************************************

 

UNESER EM AÇÃO 

VEJA O ATITUDE VOCACIONAL N° 82

 
 
 
 
 
 
 
 

Chegou o Atitude Vocacional nº 79

 
 
 
 

*****************************************************************************************************************

 

Veja o Atitude Vocacional 78

e

FELIZ PÁSCOA !

 
 
 
 
 
 

 

Ano Vocacional Redentorista é tema de encontro na Província do Rio

publicado em: 17/03/2014


Ano Vocacional Redentorista é tema de encontro

 No ano dedicado à promoção vocacional redentorista, Missionários Leigos, Coordenadores da Juventude Redentorista e Religiosos se reuniram no Seminário da Floresta (Juiz de Fora - MG), entre os dias 14 e 16 de março, para um encontro de espiritualidade redentorista, que trabalhou, de maneira especial, a vocação, o chamado de Deus à humanidade.
 
O assessor do encontro, Padre Alfredo Avelar, C.Ss.R., questionou os participantes sobre a maneira com a qual eles podem contribuir para que o Reino de Deus aconteça, cada vez mais, no meio de nós. “Deus nos chama a construir o seu reinado, nos chama ao paraíso e à profunda intimidade com Ele. Agora, como vamos receber esse chamado, cabe a cada um de nós dar essa resposta. Neste Ano Vocacional, nós temos a oportunidade de pensar e avaliar qual tem sido a qualidade da resposta que nós, enquanto redentoristas, temos dado a Deus e ao mundo”, disse o sacerdote.
 
Além de palestras, partilhas e orações, um momento especial foi dedicado à Celebração Vocacional, com adoração ao Santíssimo e o envio das capelinhas. Cada comunidade redentorista recebeu uma capela vocacional com folhetos orantes. A sugestão é fazer uma peregrinação, construindo uma caminhada vocacional em sintonia com os Redentoristas.
 
O coordenador da Unidade Jovem da Igreja da Glória (Juiz de Fora-MG), Max Mendes, aprovou a proposta: “A ideia da capelinha é uma injeção de ânimo para nós, jovens redentoristas, na promoção da vocação missionária que surge em nossas paróquias e comunidades. Mas essa vocação deve surgir primeiramente dentro de nós, para que possamos propagá-la pelo mundo inteiro. Como dizia Santo Afonso: ‘Anunciar a Copiosa Redenção a todo o mundo’”.
 
Para o Missionário Leigo Ângelo Farias, a capela vocacional é um marco muito importante proporcionado pela Província. “Ao sairmos desta assembleia, temos a missão de rezarmos e levarmos a Boa-Nova do Redentor para aqueles que querem e devem vivenciar conosco esse tempo forte da Vocação Missionária Redentorista”, afirmou Ângelo.
 
A partir da formação recebida e da oportunidade de refletir sobre o tema do encontro, os participantes debateram alguns gestos concretos para trabalharem o Ano Vocacional com os subsídios recebidos. “Nós temos a esperança muito grande de continuar essa missão de Santo Afonso ao levar a Palavra aos mais necessitados, e nos encontrarmos com Jesus nessas pessoas também. Acredito que este será um grande ano de bênçãos”, declarou o jovem Erivaldo Oliveira, da Unidade de Coronel Fabriciano.

 

____________________________________________________________________________

 
 
 
 
 
PRÓXIMA REUNIÃO DA COORDENAÇÃO
Dia 01 de JUNHO (domingo) às 9 hs

Local: Santo Afonso (Aparecida)

_______________________________________________________________________

Leia o Atitude Vocacional Especial

atitude_vocacional(1).pdf (4474259)

 

__________________________________________________________________________

PEREGRINAÇÃO DA CAPELA VOCACIONAL

 
A equipe do Secretariado Vocacional está coordenando a visita do Ícone às comunidades de São Paulo. Em cada lugar por onde passar a Capela Vocacional, haverá uma celebração pelas vocações e podem ser desenvolvidas atividades paralelas relacionadas ao tema propostas pela própria comunidade.
Confira as datas da chegada da Capela Vocacional em sua comunidade redentorista:
05/02 Araraquara – Igreja de Santa Cruz
08/02 São João da Boa Vista – Paróquia Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro
15/02 Santa Barbara d’Oeste – Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora

16/02 Pedrinha - Retiro dos Ex Seminaristas - UNESER
01/03 Campinas – Paróquia Santo Afonso
22/03 Tietê – Santuário Santa Teresinha
05/04 Sorocaba – Paróquia São Geraldo Majella
26/04 Heliópolis - Comunidade Santo Antônio e Santa Ângela
03/05 Miracatu – Paróquia Nossa Senhora das Dores
31/05 Diadema – Paróquia Menino Jesus
09/08 Sapopemba – Paróquia Nossa Senhora da Esperança
30/08 Cidade Tiradentes – Paróquia Senhor Santo Cristo dos Milagres
20/09 Jardim Paulistano (São Paulo) – Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro
18/10 Aparecida – Paróquia Nossa Senhora Aparecida
09/11  Encerramento do Ano Vocacional – Romaria Redentorista ao Santuário Nacional – Aparecida (SP)

__________________________________________________________________________

 

 

ATITUDE VOCACIONAL Nº 68 - O REDENTOR TE CHAMA PELO NOME

_________________________________________________________


REUNIÃO DO SECRETARIADO DIA 25 DE JANEIRO DE 2014

 

Em 25 deste janeiro, a reunião do grupo dos agentes vocacionais no Santo Afonso, em Aparecida-SP e, presentes, Staliano e Cláudio representando a UNESER.
A participação daqueles que um dia estiveram no Santo Afonso, inspiração do Padre Anchieta no hino que compôs para esta união de antigos seminaristas: 
Deus nos fez outro chamado
Continuou nosso aliado
Nos propôs outra missão
Nos escolheu com carinho
Nos mostrou outro caminho
Mas na mesma direção
Assim, caros amigos, todos unidos em oração!
Antônio Ierárdi Neto
“Fortes na fé, alegres na esperança, fervorosos na caridade, inflamados no zelo, humildes e sempre dados à oração.”(Constituição 20) Santo Afonso Maria de Ligório CSsR.
 

Atitude Vocacional 67 - O Redentor te chama pelo nome

ENVIAI, SENHOR!
A UNESER está fazendo a diferença por meio de seus associados leigos.
Nesse encontro da comissão do próximo sábado haverá a presença de dois membros da diretoria, fazendo parte e acompanhando as resoluções!
Isso naturalmente vai ajustando tudo o que possa ser feito em cada comunidade, família, paróquia, enfim em cada lugar da sociedade cristã.
E para corroborar com tudo isso, as preces de todas as pessoas que devem sempre prosseguir!
Antônio Ierárdi Neto
Quem ajuda a pregação, tem merecimentos de pregador. (Padre Vitor Coelho de Almeida, Servo de Deus Redentorista)

.

Presença dos agentes vocacionais da UNESER no encontro realizado no Potim de 15 a 17 deste mês!
Marcados, no última fila da foto, Thozzi e Staliano!
Antônio Ierárdi Neto
Não podemos esquecer que todos os desafios da evangelização hoje, repercutem na missão. O segredo é acreditar e ter coragem. A graça não faltará, pois o Senhor da Messe é o Redentor.
Pe. Lauro Masserani CSsR
 

ANIVERSARIO DE FUNDAÇÃO DA CONGREGAÇÃO REDENTORISTA
A Congregação dos Missionários Redentoristas foi fundada dia 9 de novembro de 1732, na cidadezinha italiana de Scala. Vejamos resumidamente a história desta obra de evangelização difundida hoje em cerca de 80 paises: P. Afonso Mariade Liguori, esgotado pelo trabalho pastoral, foi descansar nas montanhas de Scala. Mas Deus o estava esperando lá. Viu e sentiu de perto o abandono e a pobreza dos pastores e cabreiros que moravam naquela solidão e... teve compaixão. Resolveu reunir um grupo de missionários para cuidar deles. A cerimônia inaugural aconteceu na igreja de Scala, perante o arcebispo de Castelamare Dom Falcoia, com a presença dos cinco primeiros companheiros. Teria como lema, pregar as santas missões para os mais pobres e abandonados. Este seria seu carisma específico. Esse grupo de missionários foi se multiplicando e se difundindo, marcando presença evangelizadora nos cinco continentes, seguindo sempre as pegadas do seu fundador e se atualizando dentro do espírito do Concilio Vaticano II. O ano vocacional que começa hoje devendo encerrar-se no próximo ano de 2014, visa despertar nos jovens o desejo sincero de colaborar nesta Congregação ou em outros muitos segmentos da nossa Igreja. Rezemos pelas vocações sacerdotais, religiosas e leigas.
PADRE CLÓVIS DE JESUS BOVO CSsR
- Recomende este site aos seus amigos:
http://www.boletimpadrepelagio.org/
Testemunho Vocacional: Pe. Luiz Carlos de Oliveira CSsR

PORTAL REDENTORISTA A12
Thamara Gomes, 31 de Outubro de 2013 às 10h58.
Seguindo nossa proposta de apresentar a vocês mais sobre a vocação redentorista, convidamos o Pe. Luiz Carlos de Oliveira, C.Ss.R, para dar seu testemunho vocacional.
O missionário redentorista desempenhou diversos trabalhos na Congregação. Foi pároco, trabalhou na formação de seminaristas, foi mestre de noviços, trabalhou no Santuário Nacional, entre outros. Atualmente, Pe. Luiz Carlos é secretário provincial e continua ajudando na paróquia e acompanhando a formação dos seminaristas.
1- Com quantos anos teve o primeiro contato com os redentoristas e aonde?
Não sei quando comecei a pensar sobre ser padre. Morávamos na roça, no município de Sacramento – MG. Tanto os familiares de meu pai, como de minha mãe viviam por ali. Todos os anos o pároco, Pe. Ivo Soares, vinha para a festa do padroeiro. Meu pai dizia que eu disse que queria ser padre. Ele mostrou-me para o padre dizendo isso. Minha avó dizia que eu disse a ela: Vó, um dia eu vou confessar a senhora. Quando ela estava para morrer eu já era estudante redentorista, eu lhe dei a comunhão e ela, então, disse: posso morrer porque o Luiz já me confessou.Em 1958 um irmão Claretiano, que fazia as assinaturas da Revista Ave Maria, passou em casa e acertou minha entrada para o Seminário Claretiano de Rio Claro, no ano seguinte. Nesse meio tempo, apareceu o Pe. Antônio Borges fundando um seminário redentorista em Sacramento. A família decidiu colocar-me nesse seminário que estava ali perto e não tão longe. Deram-me a vocação redentorista. Não gostei na hora, mas eu tinha 11 anos. Cursava o 3º ano primário.
2- Passou por algum tipo de acompanhamento vocacional?
O acompanhamento foi somente acertar a entrada para o seminário no ano seguinte. Começamos com 15 alunos. O Padre Antônio dizia que eram os 15 mistérios do rosário. Dos 15, só eu fiquei. Eu era o 4º doloroso, Jesus carrega a cruz o caminho do Calvário. Depois eu continuei carregando. O acompanhamento era a vida da família que era religiosa.
3- Com quantos anos entrou para a congregação como seminarista? E quanto tempo ficou na formação?
Entrei com 11 anos. Era o normal do tempo. Entrei dia 26 de fevereiro de 1959. Fiz a profissão religiosa dia 02.02.68, e terminei os estudos no final de 74. Fui ordenado padre em 23 de agosto de 1975.
4- Como você percebeu que tinha vocação para a vida missionária?
No começo a vocação era para ser padre. Eu havia visto uns missionários redentoristas que passaram lá perto de minha casa. Lembro-me do Pe. Henrique e do Pe. Domingos, eram redentoristas holandeses da Província do Rio de Janeiro. Mas isso não teve ligação com o fato de entrar para o seminário. Eu ainda era pequeno.
5- Como aconteceu seu chamado?
A consciência de uma vocação missionária se deu no correr da formação quando a gente ficava conhecendo a vida redentorista. Nunca pensei em sair. Sempre gostei de tudo. Passei momentos difíceis. Mas foi tudo muito sereno.
6- Em sua opinião, quais são os principais desafios para se aceitar o chamado à vida religiosa?
A vida religiosa não é um desafio, é um dom alegre e que preenche o coração.O desafio fundamental é o querer ser religioso redentorista. Isto é, querer ser o que se propõe. A vida religiosa não é um desafio, é um dom alegre e que preenche o coração.
7- O que mais te encanta na vida missionária?
O que me encanta é o povo. Meu compromisso é com o povo e me sinto feliz quando posso atendê-lo bem. É muito divertido viver com o povo como povo. Deus sempre me deu o jeito de ficar feliz com o povo. Uso meus dons e faço o que posso por ele. Gosto muito da vida comunitária e da espiritualidade da Congregação.
Quem passar por Sto. Afonso e pelo Sto. Afonso, é como a onça: muda o pelo, mas não perde a pinta. Pe.Luiz Carlos

Vejam isso. Pediram-me esse testemunho. Aproveito para passar a vocês. Falta tanta coisa a dizer, mas não perguntaram tudo, por exemplo a influência e participação dos familiares e amigos. Etc... mas para começar parece que ficou bom.  Tem até a capela da Cachaça Batista. Só tenho a agradecer a tantos e tantas.
Pe.Luiz  Carlos

Caro amigo de sempre, Padre Luiz Carlos!
Ainda me lembro de nossos tempos de seminário, hoje felicito sua vocação realizada, muito peço pela sua perseverança, o ítem necessário para essa missão e o desenlace final na santidade como “impôs” Santo Afonso aos confrades de sua congregação para os pobres.
Fico feliz em poder continuar participando dessa amizade fraterna e , em memórias, tornando sempre atuais aqueles benditos tempos!
Um forte abraço!
Ierárdi
(Tampinha) 

 

CARTA DO SUPERIOR GERAL DOS REDENTORISTAS
Roma, August 1, 2013
Prot. Nº: 0000  096  2013
ANO DE PROMOÇÃO DA VOCAÇÃO MISSIONÁRIA REDENTORISTA
Queridos confrades, irmãs religiosas e leigos Redentoristas:
Saudações do Rio de Janeiro, onde nós celebramos a Jornada Mundial da Juventude com o Papa Francisco e milhões de jovens peregrinos. Muitos Missionários Redentoristas, Leigos Missionários e jovens somaram na celebração da Jornada Afonsiana em Aparecida e da Jornada Mundial da Juventude no Rio. Foi com muita alegria viverciar, esses dias, acompanhado pelos confrades Enrique López, Alberto Eseverri, Noel Londoño e Ulysses da Silva do Governo Geral. Em especial, eu gostaria de agradecer a Província do Rio de Janeiro, São Paulo e todas as (Vice) Províncias da URB, como também todos os voluntários que contribuíram muito para essa bonita experiência.
Na Quinta-Feira, 01 de agosto de 2013, na Igreja de Santo Afonso, no Rio de Janeiro, abrirei oficialmente o Ano de Promoção da Vocação Missionária Redentorista, o qual foi proclamado em abril. O Governo Geral encoraja cada Província, vice-Província, Região e Missões a iniciar esse Ano Vocacional no dia 1º. de Agosto, ou logo que vocês possam. [nota do tradutor: A Comissão Nacional da Juventude sugeriu que a abertura nas paróquias e comunidades no Brasil seja dia 04 de agosto – domingo]. Durante desse ano, nós urgimos que vocês planejem eventos, celebrações, orações, catequeses, dias de retiro da comunidade e outros meios criativos na promoção do Ano Vocacional.
Nesse momento o Secretariado Geral de Formação apresenta a vocês alguns elementos sobre o Ano de Promoção Vocação Missionária Redentorista: o logo, o tema, a oração e a triptych (capelinha). Esses elementos são sugestões do Governo Geral, mas cada Província, Vice-Província, Região ou Missão irão adaptá-las à situação particular onde se vive a Missão Redentorista.
Como testemunhas e Missionários da Redenção, nós rogamos a Deus para renovar a nossa vocação como indivíduos e especialmente como um corpo missionário (C. 2). Na tradição de St. Afonso, os grandes mistérios da redenção incluem: a Encarnação (humanidade infusa com a presença de Deus, cf. C. 19); a Paixão (compromisso e doação pelos outros em Jesus Cristo, cf. Cc. 48-50); e a Ressurreição (vida nova, presença permanente e transformação no Espírito, cf. C. 51, 56).
Como testemunhas, nós damos testemunho não somente para relembrar os grandes mistérios da nossa Redenção, mas também através do viver mais intensamente esses mistérios. Como missionários, nós convidamos outros a partilhar mais intensamente a Copiosa Redenção proclamada por Jesus o Redentor. 
Possa esse Ano Vocacional Redentorista inspirar todos nós - Confrades, Irmãs, Leigos Redentoristas e os Jovens – a uma profunda renovação da nossa identidade como Testemunhas e Missionários da Redenção. Com St. Afonso, possamos nós ‘seguir o exemplo de Jesus Cristo, o Redentor, pregando a Palavra de Deus aos pobres’ (C. 1) com paixão, criatividade, alegria e esperança.
Na festa do nosso fundador, St. Afonso, eu desejo a vocês muitas graças e bênçãos. Seu zelo apostólico, sua paixão por Jesus Cristo, e seu amor pelos mais abandonados e os pobres continue a nos dar esperança e coragem da missão nos dias de hoje. Abençoado e  alegre dia de festa a cada um de vocês.
Que a Mãe do Perpétuo Socorro e St. Afonso nos acompanhem durante todo esse ano de graça.
Seu irmão no Redentor.
Michael Brehl, CSsR
Superior Geral